Planos pra 2018 ❤

by - janeiro 10, 2018

Feliz Ano Novo!

Mais uma vez, meu primeiro post do ano é sobre metas pra esse ano que tá começando. No post do ano passado, compartilhei que alguns dos planos não eram tanto pro ano e sim pra vida, e, adivinha? Quase nada deles foi concretizado! Hahaha.

Nas coisas que eu queria e aconteceram, em 2017 eu:

❤ assisti Les Misérables na estreia, e infelizmente apenas essa vez;
❤ viajei pra Buenos Aires (mesmo não tendo guardado o dinheiro que precisava pra isso);
❤ assisti ao RAMMSTEIN: PARIS no cinema, o que foi uma experiência surreal, e agora no fim do ano ganhei o dvd desse mesmo show maravilhoso;
❤ li 30 livros, infelizmente não batendo minha meta pessoal, que começou em 50 e mudei pra 35 ao ver como andava meu ritmo no meio do ano. Ainda assim, foi um ano de excelentes leituras, e vou fazer um post sobre isso logo;
❤ incrivelmente postei por aqui quase todos os meses! Foram 18 posts em 2017, e estou feliz por estar conseguindo manter a animação com esse espacinho :)

As metas que não atingi no ano passado seguem sendo planos para a vida - estudar, me exercitar, guardar dinheiro & etc - e quem sabe no começo do próximo ano eu não venha dizer que realmente consegui fazer essas coisas?

Porém, no momento, em 2018 o foco é o seguinte:

Cuidar de mim
Graças aos problemas com minha saúde mental, os quais não vou me estender muito sobre, tenho um sério problema de falta de autoestima, em todos os aspectos possíveis. Não apenas a mental, mas sou muito relapsa com minha saúde num geral, além da aparência, e manter maus hábitos para mim é apenas o normal e a rotina. E mudar isso é o que quero principalmente pra esse ano.

Escrever mais
Seja uma fanfic que planejo na minha cabeça há anos, uma das trocentas histórias que também guardo comigo e/ou já tenho alguns trechos escritos, e também aqui no blog. Sigo sendo uma pessoa extremamente insegura com o próprio conteúdo, mas quero me dedicar mais a isso, já que escrever sempre foi algo que me trouxe mais felicidade do que agonia, e essa balança se inverteu nos últimos tempos.

Comer melhor
Um adendo que não fiz ano passado quando falei sobre me exercitar, mas devia. Em 2017 voltei a consumir carne com um propósito na cabeça, e nem com isso consegui me acertar. Não vou falar em dieta nem nada do tipo, só pretendo consumir menos açúcares, carboidratos e industrializados em geral, mais frutas, e cortar de vez o refrigerante. Não sei como vai ser minha relação com carne durante esse ano, então durante eu talvez tome uma decisão.

Algo relacionado a Rammstein - de novo
Seguirei colocando todo ano sim, obrigada.


Minha regra comigo mesma nesse ano vai ser ter paciência e ser tolerante. A gente tende a se cobrar demais, mesmo coisas que fogem do nosso controle, e preciso parar de me sentir mal por coisas que não são minha culpa. Aprender que também tenho um limite e que não devo me martirizar ao não atingir coisas que almejo, e que tudo tem seu tempo. Além disso, nós só temos controle sobre nós mesmos - e às vezes parece que nem isso - então também tentarei ter mais empatia e lembrar sempre que ninguém existe para satisfazer nem completar outra pessoa. Pode parecer extremista e negativo dizer isso assim, mas se tem uma coisa que aprendi nesse ano é que a única pessoa com quem podemos contar somos nós mesmos, e chegar em um lugar em que consiga estar em paz comigo mesma ao invés de me auto sabotar como fiz a vida toda é o que mais preciso.

You May Also Like

1 comentários

  1. Eu acho tão difícil de completar minhas metas que esse ano decidi não ter nenhuma específica. Na verdade pretendo focar nas mesmas coisas que você, que afinal, são coisas pra nos fazer bem né?

    Super apoio tudo o que você quer fazer! Inclusive, parabéns por ter ficado nesse blog né, ter um cantinho nosso pra desabafar é muito bom. Sabia que ia conseguir. ♥

    Muita força nesse ano que chega e paciência pra passar por cada pedra chata no caminho. Te amo. ♥

    ResponderExcluir

loathsomeness waits and dreams in the deep, and decay spreads over the tottering cities of men.” - h. p. lovecraft
REMEMBRANCE by ALINE SCHNEIDER EST. 2016